Ficha de Cargo: Mestre de Cerimónias PDF Versão para impressão Enviar por E-mail

 

Texto adaptado de Manual do Curso Regional de Guias 2004 - AEP Região de Lisboa

 

O Mestre de Cerimónias traz animação à patrulha, e deve ter gosto em inventar e dinamizar momentos de animação, deve ter algum gosto pela representação e "à vontade" para explicar as suas ideias aos outros. Desempenha ainda um papel fundamental, em conjunto com o Guia e Subguia, nas cerimónias da patrulha.

 

As suas funções são:
- Organizar as cerimónias da patrulha: grito, refeições, investi duras, etc;
- Animação das reuniões e das actividades;
- Dinamizar as intervenções da patrulha no Fogo de Conselho;
- Arranjar trajes e pinturas para a patrulha;
- Ter um cancioneiro actualizado e completo;
- Zelar pelo livro de cerimónias da patrulha;
- Saber como se desenvolve um Fogo de Conselho e os vario tipos de fogueira adequadas as diferentes situações.

 

No seu dossier deve possuir:
Cancioneiro

Arquivo de todo o tipo de animações e canções, que pode estar dividido por tipos de animação: jogos, danças, gritos, ou por momento a utilizar: na sede, em campo, com a tribo, com a patrulha, momentos sérios ou de alegria. É importante que o cancioneiro seja sempre actualizado e deve ser distribuído aos restantes elementos. Também podem ser feitos cancioneiros mais pequenos para diferentes actividades.

 

Livro de cerimónias
Devem existir cerimónias que só a patrulha deve conhecer e participar e por isso elas devem estar escritas num lugar secreto que ninguém poder ler a não ser a patrulha.

 

Manual de animação
Existe muita documentação feita sobre vários tipos de animação e Fogos de Conselho, que pode ser muito útil para o desenvolvimento do cargo. Poderá também conter informações sobre a mística da patrulha.