Impeesa – O Lobo que nunca dorme PDF Versão para impressão Enviar por E-mail

 
 
Baden-Powell foi sempre um apaixonado por África. Não só adorava este continente mas também as suas pessoas e a sua cultura. Desde cedo que estudava os seus dialectos, procurando conhecer os povos africanos, respeitando-os como aliados e adversários.
 
BP seguiu de perto o povo Zulu que se impressionou com o jovem militar britânico sobretudo pela sua coragem e destreza. Este povo atribuiu-lhe vários nomes com base em aspectos da sua personalidade.
 
M’hlalapanzi – O homem que faz os seus planos com cuidado
 
Kantankye – O homem do chapéu grande
 
Impeesa – O lobo que nunca dorme
 
Baden-Powell de todos os nomes que os Zulu lhe davam aquele que sempre admirou foi o de Impeesa, por considerar o maior elogio que jamais recebera.