Exploradores realizaram Expedição de 4 dias em Salir do Porto PDF Versão para impressão Enviar por E-mail

 

A Tribo de Exploradores do Grupo 129 realizou uma Expedição de 4 dias com base no Centro Escutista do Oeste (CEO).

 

A Expedição cujo objectivo principal passava pela melhoria das técnicas de pioneirismo dos elementos da Tribo iniciou-se no Sábado 5 de Abril com ida em comboio de Torres Vedras para Caldas da Rainha e depois em raide até Salir do Porto que foi facilitado pela melhoria das condições meteorológicas depois de alguns dias de chuva intensa. Aliás durante toda a Expedição o Sol foi mesmo uma constante o que em muito ajudou a tornar esta actividade inesquecível para todos os participantes.

 

O primeiro e parte do segundo dia de actividade foram marcados pela grande construção em Tribo de um verdadeiro salão de refeições elevado a cerca de 2 metros de altura. Esta construção permitiu a todos os elementos praticar diversos tipos de ligações e fortalecer o espírito da Tribo ao enfrentarem um grande desafio. As principais características desta construção basearam-se numa plataforma assente num polígono formado por 5 pinheiros. Por cima da plataforma foi depois construída uma mesa com capacidade para 16 pessoas e na base da estrutura isolou-se o tecto e laterais por forma a criar um guarda material de Tribo.

 

Mas a Expedição de Páscoa teria ainda reservada a grande surpresa para os Exploradores com a visita às Grutas de Salir, caracterizadas por serem formadas num maciço calcário e com formações em crescimento. Uma experiência diferente que ofereceu aos elementos da Tribo uma visita ao interior da Terra!

 

O terceiro dia de actividade foi caracterizado por um hike pela região de Salir onde os Exploradores encontraram a famosa nascente da pocinha, uma fonte de água doce que brota na margem da baía de São Martinho.

 

Por fim apenas salientar que nesta Expedição houve ainda tempo para praticar escalada e slide no CEO!

 

Foram 4 dias de grande actividade aqueles que os Exploradores de Torres Vedras viveram em Salir do Porto. Uma actividade certamente a recordar por todos os participantes!