Está na rua a segunda edição do Mila Gaipa! Leia aqui o artigo sobre o Grupo 129 PDF Versão para impressão Enviar por E-mail

 

Para se falar daquilo que é o Escotismo em Torres Vedras é preciso remontar a 1915, ano em que os Escoteiros de Portugal fundaram o então Grupo 4 em Torres Vedras, do Grupo 50 fundado em 1925, agregado à Física e que contou com dirigentes como António Leal de Ascenção e Leonel Trindade e do Grupo 129 fundado em 1984. Só assim se compreende como a persistência dos Escoteiros de Portugal fez vingar o sonho de reabrir o Grupo 129 de Torres Vedras a 20 de Março de 1999, juntando num só Grupo o passado da presença associativa na cidade através de antigos escoteiros do 129, escutas provenientes do então recém encerrado Agrupamento 122 e claro jovens que contactaram com o Escotismo pela 1ª vez.

 

É deste passado que os Escoteiros de Torres Vedras se orgulham, desta persistência em lutar contra os impossíveis tornando-os possíveis que hoje fazem do Grupo 129 um dos 15 maiores Grupos da AEP com um efectivo de 90 elementos e com um único lema, estar “Sempre Prontos”!

 

Mas somos também uma pequena parte de um Movimento Global com mais de 30 milhões de Escoteiros no activo, um movimento para jovens, orientados por adultos comprometidos no serviço educativo, no sentido de contribuir para o desenvolvimento integral dos jovens, elevando principalmente o seu sentimento de liberdade, segundo o Ideal de Baden-Powell (General Inglês fundador do Movimento Escotista) e o sistema de auto-educação progressiva, conjuntamente com a aceitação de escolhas feitas livremente e vividas com coerência, praticando o Escotismo interconfessional e plural, tal como foi concebido pelo fundador do Movimento.

 

Para nos conhecer é simples... Uma ida ao Centro Histórico de Torres Vedras aos Sábados de manhã e procurar um dos nossos jovens de uniforme e lenço cinzento!