A Aventura PDF Versão para impressão Enviar por E-mail

 

A Aventura é o nome que se dá à Grande Actividade da Tribo de Escoteiros.

A Aventura é a grande actividade da Tribo de Escoteiros, e tem sempre um tema que foi escolhido por todos. Todas as Patrulhas trabalham e contribuem para que a Aventura seja realizada e seja magnífica, com muitos jogos e desafios interessantes.

Em cada período de férias escolares procura-se realizar uma Aventura, com a participação de todos os membros da Tribo. A Aventura é preparada ao longo de todo o trimestre e inclui várias fases:

Idealizar: Nesta fase cada Patrulha concebe uma ideia da Actividade (Aventura) a propor em Conselho de Tribo de Escoteiros. É preciso não esquecer que a proposta das Patrulhas tem de incluir o tema, o tipo de actividade (se é um acampamento ou outro tipo de actividade) e o local para a actividade. Se for necessário podem pedir ajuda à Chefia de Tribo.

Eleger: Considerando as ideias apresentadas por cada Patrulha para o tema, o tipo de actividade e o local, a Tribo escolhe, no Conselho de Tribo, a Aventura do trimestre, através de votação individual dos membros presentes, podendo juntar propostas de várias Patrulhas para criar uma Aventura mais apelativa para todos.

Preparar: A preparação de uma Aventura é feita através das Patrulhas e gerida pelo Conselho de Guias. Cada Patrulha ficará responsável por uma tarefa ou conjunto de tarefas (tratar dos transportes, preparar listas do material necessário, organizar jogos e passeios, organizara animações e o Fogo de Conselho, etc.). O Conselho de Guias, ao longo do trimestre, verifica se tudo está a ser bem feito e coordena o trabalho das Patrulhas. As Patrulhas e o Conselho de Guias contam com o apoio e ajuda da Chefia de Divisão para fazer esse trabalho.

Realizar: Todos os membros da Tribo de Escoteiros participam na Aventura, que é o culminar  de todo o trabalho conjunto e o momento em que todos estão juntos para viver a grande actividade dos Escoteiros.

Avaliar: A avaliação é feita num Conselho de Tribo de Escoteiros de forma individual, e também pelas Patrulhas e pelo Conselho de Guias.

 

 

texto adaptado de aep.pt