Progresso Pessoal do Caminheiro PDF Versão para impressão Enviar por E-mail

 

O esquema de progresso pretende ajudar-te na definição do teu caminho para a vida.

O esquema de progresso pretende ajudar-te na definição do teu caminho para a vida, a descobrires as tuas potencialidades, através da realização de um conjunto de desafios diversificados, onde existe uma grande possibilidade de escolha das actividades e projectos concretos a desenvolver, por isso és tu que defines os teus próprios desafios fazendo-os à tua própria medida.

A evolução individual no esquema de progresso nada tem a ver com a realização de testes ou exames. Os desafios são, antes de mais, pessoais e constituem oportunidades para poderes avaliar as tuas capacidades e experimentares coisas novas. Cabe-te por isso a ti auto – avaliar os resultados alcançados e analisar se efectivamente atingiste os objectivos e se consideras o desafio concluído, a Chefia do Clã ajudar-te-á nesta avaliação.

O esquema de progresso foi desenvolvido para permitir que todos os Caminheiros durante a sua estadia no Clã, tenham a oportunidade para concluir todos os desafios das três primeiras Etapas de progresso. Por isso estamos certos que tu, como qualquer outro Caminheiro activo e participativo, conseguirás realizar os desafios propostos, fazendo-os à tua própria medida e de forma a serem aliciantes e permitirem cimentares amizades. Os teus irmãos mais novos, olham para ti como um exemplo a seguir, por isso é importante que faças as melhores escolhas e não as que parecem mais fáceis.

Dentro de cada Etapa podes completar os desafios pela ordem que escolheres e podes realizar desafios de Etapas seguintes desde que isso não te impeça nem atrase na realização dos desafios da Etapa em que te encontras.

Na 1ª Etapa, os novos membros do Clã realizam desafios que lhes permitem conhecer o Clã, o seu modo de funcionamento e os seus membros, através de uma vivência activa na Divisão e da participação em Empreendimentos. Para além da integração no Clã, nesta Etapa és convidado a reflectir novamente sobre os valores do Escotismo e preparares-te para assumir o teu Compromisso de Honra como Caminheiro, altura em que passarás a ser membro de pleno direito do Clã.

Os desafios e os resultados a alcançar, devem ser definidos tendo em consideração que a Etapa não deve levar mais de 3 meses a concluir.

A 2ª Etapa desta caminhada pretende incentivar todos os Caminheiros a participarem activamente na vida de Clã, envolvendo-se em vários Empreendimentos, interagindo com a comunidade e participando em múltiplas Equipas de Empreendimento.

A 2ª Etapa de progresso deve ser concluída no prazo máximo de um ano. Se por algum motivo não a conseguires concluir dentro desse prazo fala com os teus dirigentes para, em conjunto, avaliarem a situação e definirem um plano para ultrapassar as dificuldades existentes.

A 3º Etapa de progresso envolve o Caminheiro na coordenação de Empreendimentos, na animação de Equipas e no aperfeiçoamento das suas capacidades. Nesta fase definirás alguns aspectos do teu caminho para a vida e actuarás também como dinamizador da vida do Clã, do Grupo e da tua comunidade.

A 3ª Etapa de progresso deve ser concluída no prazo máximo de um ano. Também nesta fase, se por algum motivo existirem dificuldades na sua conclusão dentro do prazo, deves fazer uma avaliação conjunta com os dirigentes de Clã, para analisarem a situação e definirem um plano para ultrapassar as dificuldades identificadas.

A insígnia de Escoteiro da Pátria é a mais alta insígnia de progresso que um Caminheiro pode aspirar no seu percurso no seio do Movimento Escotista. A sua posse revela o Escoteiro autêntico, com verdadeiro espírito Escotista, que incorpora nas suas acções os valores da Lei do Escoteiro e do Compromisso de Honra. A conquista desta insígnia traduz um visível empenhamento no serviço ao próximo, no respeito pela diferença e a integração consciente na grande fraternidade Escotista Mundial. Ao contrário das Etapas anteriores, para além da realização dos desafios definidos, a sua conclusão depende da análise por parte da Chefia de Clã, em conselho de Chefia de Grupo, após parecer prévio positivo do Conselho de Clã.
 
 
   

 

 

texto adaptado de aep.pt